• 181 – Narcodenúncia
  • 136 – Serviço Único de Saúde
  • 192 – SAMU
  • 197 – Polícia Civil
  • 194 – Polícia Federal
  • 190 – Polícia Militar
  • 198 – Polícia Rodoviária Estadual
  • 191 – Polícia Rodoviária Federal
  • 100 – Viol. Sexual Crianças e Adol.
  • 194 – Justiça Eleitoral
  • 115 – Serviços Prest. Água e Esgoto
  • 193 – Corpo de Bombeiros
  • 0800 643 7373 – DETRAN
  • 0800 41 15 12 – PROCON
  • 0800 51 00116 – COPEL
  • 0800 643 0304 – Polícia Ambiental

VEJA MAIS

18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A data foi determinada pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973.

Diariamente crianças e adolescentes são expostos a diversas formas de violência nos diversos ambientes por eles frequentados. A família, a sociedade e o poder público, devem ser envolvidos na discussão e nas atividades propostas em relação à prevenção ao abuso e exploração sexual, alertando principalmente que as vítimas, em sua grande maioria, não têm a percepção do que é o abuso sexual.

A violência sexual de crianças e adolescentes pode ocorrer em várias idades (incluindo bebês), e em todas as classes sociais, podendo ser de várias formas, como:

  • abuso sexual: a criança é utilizada por adulto, ou até um adolescente, para praticar algum ato de natureza sexual;
  • exploração sexual: usar crianças e adolescentes com propósito de troca ou de obter lucro financeiro ou de outra natureza em turismo sexual, tráfico, pornografia, ou também em rede de prostituição.

Se você sofre algum tipo de violência, ou conhece alguma vítima de abuso, sabe o que precisa fazer? Denunciar!

Disque 100, o número da cidadania

Com um telefonema – que pode ser anônimo, se você preferir – é possível começar a resolver o seu problema.

Acesse o vídeo de mobilização: (clique aqui)

DEMAIS CANAIS DE DENÚNCIA:

181 – Disque Denúncia do Estado do Paraná

Conselho Tutelar – 99929- 4343 / 3267-2133

DENUNCIE: ninguém merece ser agredido, e toda criança e todo  adolescente têm direito de viver uma vida feliz e sem violência!

ORIENTAÇÕES:

Proteção Social Especial – 3267- 8013 / 99139-7413

Horário de atendimento: 08h às 12h e 13h30 às 17h30